Tendência do Consumidor Online Brasileiro

O comportamento do consumidor on-line brasileiro provou ser muito mais eficaz do que em outros países, como os EUA, o Canadá e a Ásia. De acordo com um estudo global da Shopper online ups Pulse, o uso de smartphones é uma tendência do consumidor on-line brasileiro já que o número chega a 90%, sendo superior aos compradores no Canadá (81%) e nos EUA (79%). Além disso, o nível de satisfação com as experiências on-line entre os brasileiros é maior, 88% comparado aos EUA (85%), Europa (81%), Canadá (77%) e Ásia (57%). A China tem sido o principal destino de compra para os brasileiros, com prazos aceitáveis ​​de até 11 dias com as respectivas tarifas de frete. O consumidor se configura como aspectos positivos: o dia dos produtos e o preço. Esse comportamento pode ser verificado na última data comercial, dia das mães, segundo dados do EBIT | Nielsen. Houve um aumento de 20% nas compras realizadas entre 27 de abril e 11 de maio. A tendência de compra e busca de variedades é confirmada quando avaliamos as categorias mais compradas com intenção de apresentar no último período analisado pelo EBIT | Nielsen, moda e acessórios, perfumaria e cosméticos e casa e decoração. De acordo com o ranking de faturamento de vendas online, a liderança foi dos departamentos de eletrodomésticos, telefonia / celulares e casa e decoração. Os dados voilà mostrando a mudança de comportamento do consumidor, que tem experimentado cada vez mais e-commerce. Para um consumo físico, o brasileiro demandará experiências, senão a venda física Dominus cada vez mais rara. Isso pode ser visto quando olhamos para o crescimento das vendas online na categoria de moda, que cresceu 76,6%, comparando o primeiro trimestre de 2019 com o mesmo período de 2018, segundo análise da nuvem de Shoppings. Além disso, a questão da segurança e das relações com instituições financeiras sofreu mudanças. Devemos à College a crescente participação das fintechs e instalações dos aplicativos de pagamento neste universo online. As experiências na forma de pagamento e suas facilidades, com menores taxas bancárias, além de terem sua participação neste novo comportamento de um consumidor. Isso fica mais claro quando analisamos o comportamento dos millenials, cuja tecnologia já faz parte do seu dia-a-dia. E nada como estudar mercado e novas tendências, como é o caso do WhatsApp para pedidos e mensagens que estão em fase de teste na Índia e temos rumores que acontecem no